BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O Sindifisco Nacional (Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal) avalia questionar judicialmente o ato do secretário especial do órgão, Julio Cesar Vieira Gomes, que ampliou o alcance da isenção de contribuição previdenciária sobre a remuneração de pastores.

A medida, que foi citada publicamente pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) e beneficia aliados do chefe do Executivo, “extrapola a competência da Receita Federal para atos normativos”, segundo avaliação do Sindifisco.

“Ao reduzir as condicionantes para o que se considera remuneração para fins de incidência previdenciária, a Receita Federal faz com que mais remunerações se considerem isentas. Uma ação que prejudica tanto a arrecadação presente quanto créditos tributários já constituídos e produz efeitos danosos nas contas da seguridade social”, diz o sindicato dos auditores.

O ato de Gomes foi publicado em 1º de agosto, a duas semanas do início da campanha eleitoral e no momento em que Bolsonaro busca consolidar o apoio dos evangélicos a sua tentativa de reeleição.

O secretário é próximo do senador Flavio Bolsonaro (PL-RJ), filho do presidente, e tem interlocução direta com o chefe do Executivo. Na terça-feira (16), Bolsonaro declarou que a medida atende a um pedido feito pelos pastores para pôr fim ao que eles chamam de “perseguição” da Receita Federal.

Na prática, a medida amplia os casos de isenção da prebenda (como é conhecida a remuneração dos pastores e das lideranças religiosas) e enterra de vez os processos de fiscalização ainda em curso.

Para o presidente do Sindifisco, Isac Falcão, a norma foi publicada “em momento eleitoral”, sem discussão com a sociedade e sem respeitar a competência do Congresso Nacional, que é o responsável pela aprovação das leis.

“O secretário assina um ato modificando o sentido da lei. Ele colocou vários critérios possíveis de diferenciação da remuneração para dizer que não se enquadra [como parcela tributável]”, afirmou.

“O Sindifisco está estudando os impactos dessa medida e também formas para que haja o controle jurisdicional”, disse Falcão.

A Receita Federal diz que o ato consolida um “entendimento já vigente”, embora reconheça que a “diversidade de documentos” sobre o tema “acabava, até então, por gerar divergências internas”.

“A consolidação do entendimento num único normativo permitiu otimizar a publicidade, tanto para os auditores fiscais quanto para os contribuintes, trazendo ganhos de segurança jurídica, redução de litígios e de conformidade”, afirma o Fisco.

Técnicos ouvidos reservadamente pela reportagem, porém, também têm a avaliação de que a norma administrativa amplia o alcance da isenção aos pastores.

Na lista pública de devedores inscritos na Dívida Ativa da União, as entidades religiosas mantêm uma débito de R$ 1,02 bilhão, dos quais R$ 951 milhões são relacionados à Previdência. A Receita, por sua vez, disse não ter um levantamento sobre fiscalizações em âmbito administrativo.

Segundo Falcão, o ato de Gomes abre espaço para que todos esses créditos sejam desconstituídos, isto é, extintos, livrando os devedores de qualquer cobrança.

O alvo da controvérsia é a prebenda, como é chamada a remuneração paga ao pastor ou líder do ministério religioso por seus serviços.

A lei isenta o valor do recolhimento de contribuição previdenciária, desde que ele tenha relação com a atividade religiosa e não dependa da natureza ou da quantidade de trabalho.

A Receita, porém, detectou nos últimos anos que algumas igrejas usavam a prebenda para driblar a fiscalização e distribuir uma espécie de participação nos lucros aos pastores que reuniam os maiores grupos de fiéis (beneficiando lideranças de templos em grandes cidades ou bairros, por exemplo) ou as maiores arrecadações de dízimo.

O Fisco aplicou multas milionárias e exigiu o pagamento da alíquota previdenciária de 20% sobre os valores pagos a pastores, dirigentes e lideranças religiosas. O entendimento dos auditores era o de que a isenção não se aplicava a mecanismos de remuneração variável.

A partir daí, a busca pelo perdão tributário e pela flexibilização das regras passou a ser uma pauta prioritária da bancada evangélica no Congresso Nacional.

Em 2015, uma primeira lei estipulou que valores diferenciados, pagos em dinheiro ou como ajuda de custo de moradia, transporte e formação educacional, também seriam isentos de tributação.

O Fisco reagiu exigindo recibos desses gastos e multou quem não conseguiu comprovar a natureza das despesas. A Receita ainda adotou entendimento de que a nova lei não retroagia, ou seja, as multas expedidas antes de sua publicação continuavam valendo.

Em 2020, Bolsonaro sancionou uma lei que previa expressamente a retroatividade da isenção previdenciária mais ampla sobre a prebenda, aprovada cinco anos antes. A intenção era derrubar as multas que ainda pairavam sobre pastores aliados.

No entanto, a controvérsia no âmbito da fiscalização continuou, uma vez que, segundo fontes do governo, os auditores não viram nenhuma mudança no alcance das isenções.

Em setembro de 2021, por exemplo, uma solução de consulta publicada pela Coordenação-Geral de Tributação afirmou que, caso o pagamento pela instituição se dê com características inerentes a remuneração por serviços prestados pelo ministro de confissão religiosa, o valor recebido deveria ser considerado na base de cálculo da contribuição previdenciária.

O mesmo entendimento valeria para valores pagos “de forma excedente ao necessário para fins de subsistência da pessoa”.

O ato de Gomes, por sua vez, diz que o pagamento de valores diferenciados, no montante ou na forma, “não caracteriza esses valores como remuneração sujeita à contribuição”. No texto, são citados como fatores de diferenciação “antiguidade na instituição, grau de instrução, irredutibilidade dos valores, número de dependentes, posição hierárquica e local do domicílio”.

A norma também diz que só será considerada remuneração tributável a parcela paga em condições “comprovadamente” relacionadas à natureza e à quantidade do trabalho executado.

Por ser assinado pelo secretário especial, o documento se sobrepõe a qualquer solução de consulta divergente sobre o tema.

A inserção do local do domicílio é apontada por técnicos críticos da medida como um fator chave para os pastores, uma vez que igrejas localizadas em grandes cidades ou bairros nobres costumam ter melhores resultados em termos de fiéis e arrecadação. A posição hierárquica também pode abrir brechas para repasses mais significativos às lideranças religiosas, que ficarão livres de tributação.

NEWS RELATED

Asian Winter Games: Futuristic Saudi megacity Neom to host 2029 edition

RIYADH – Saudi Arabia was on Tuesday chosen to host the 2029 Asian Winter Games at a US$500 billion (S$715 billion) futuristic megacity in the desert that planners say will feature a year-round winter sports complex. “The deserts and mountains of Saudi Arabia will soon be a playground for winter ...

View more: Asian Winter Games: Futuristic Saudi megacity Neom to host 2029 edition

María Claudia Parias: La batuta de la armonía

La presidenta de la Fundación Batuta habla sobre la música como agente para la transformación de la infancia y la juventud, tanto la suya propia como la del país. María Claudia Parias, presidente ejecutiva de la Fundación Batuta. ¿De dónde viene su gusto por la música? De una familia a ...

View more: María Claudia Parias: La batuta de la armonía

Saudi Arabia could help end SA’s load shedding horror – here’s how

When times are tough, we all need a little help from our friends. That’s the mantra Trade Minister Ebrahim Patel is adopting, as the government heads into the ninth South Africa-Saudi Arabia Joint Economic Commission (JEC) in Pretoria. Indeed, load shedding tops the agenda. How Saudi Arabia could help end ...

View more: Saudi Arabia could help end SA’s load shedding horror – here’s how

Concejal Diana Diago señaló a Claudia López por vandalismo en Catedral Primada

Catedral quemada La cabildante dice que la alcaldesa omitió responsabilidades y permitió el ataque contra la iglesia. Sigue la polémica por el acto vandálico protagonizado por un grupo de feministas que, el 28 de septiembre, intentaron prender fuego a la Catedral Primada de Colombia además de rayar todas su ...

View more: Concejal Diana Diago señaló a Claudia López por vandalismo en Catedral Primada

Hetmyer Kicked Out Of T20 WC Squad Over Missed Flight But Fans Are Lauding Windies Cricket

Hetmyer Kicked Out Of T20 WC Squad Over Missed Flight But Fans Are Lauding Windies Cricket Injury, unavailability, lack of form, and team combination; these are some of the most common reasons why a player is dropped from a team. However, there are several other reasons which dictate the ...

View more: Hetmyer Kicked Out Of T20 WC Squad Over Missed Flight But Fans Are Lauding Windies Cricket

Audiences TV Prime (lundi 3 octobre 2022) : Les combattantes (TF1) devance L'amour est dans le pré (M6), Les rivières pourpres (France 2) résistent

Audiences TV Prime (lundi 3 octobre 2022) : Les combattantes (TF1) devance L’amour est dans le pré (M6), Les rivières pourpres (France 2) résistent Ce lundi 3 octobre 2022, TF1 est arrivée en tête avec Les combattantes . La diffusion des épisodes 5 et 6 de la série événement ...

View more: Audiences TV Prime (lundi 3 octobre 2022) : Les combattantes (TF1) devance L'amour est dans le pré (M6), Les rivières pourpres (France 2) résistent

Audi descarta motor quatro cilindros na linha RS, mas confirma híbridos

Competição Audi RS5 Coupé 2023 A Audi Sport não seguirá o mesmo caminho que a Mercedes-AMG tomou para o C 63, que trocou os motores V8 por um 2.0 quatro cilindros O novo Mercedes-AMG C63 é bestial em potência, mas provavelmente muitos entusiastas sentirão falta dos velhos tempos com ...

View more: Audi descarta motor quatro cilindros na linha RS, mas confirma híbridos

Huil zachtjes: Deze R8 GT RWD krijgt de allerlaatste V10 van Audi ooit

Audi R8 V10 GT RWD Dit is de Audi R8 V10 GT RWD, en hij is belangrijker dan je op het eerste oog zou zeggen. Het is niet zomaar een versie met meer vermogen en minder gewicht. Dit is Audi’s laatste V10-supercar. De foetushouding mag in een hoekje van ...

View more: Huil zachtjes: Deze R8 GT RWD krijgt de allerlaatste V10 van Audi ooit

Audi R8 V10 GT RWD – den sista Audin med V10

Video: The truth behind Marilyn Monroe biopic Blonde's most shocking scenes: Netflix's graphic new movie has left audiences 'disgusted' - LIZZIE MAY looks at what really happened with JFK and more

Zuschlag für Saudi-Arabien Asiatische Winterspiele 2029 mitten in der Wüste

Saudi start-up ZenHR raises $10m to grow operations across Mena region

Relatives of Chris Kaba share tearful embrace outside coroner’s court

Kisah Sarah, TKW di Arab Saudi yang Baru Tiga Hari Bekerja Malah Diajak Nikah oleh Majikan

The modern search landscape: How and where to reach your target audience

Audi Says Goodbye To The V10-Powered R8 With This Limited Edition Model

Saudi Arabia to host 2029 Asian Winter Games in NEOM’s Trojena

Nardo Gri'nin en güzel tonu: Audi TT RS Iconic Edition

2023 Audi TT RS Iconic Edition celebrates 25 years of the TT

Audi R8 GT RWD tanıtıldı: 20 kilogram daha hafif!

OTHER NEWS

Breaking thailand news, thai news, thailand news Verified News Story Network