Para Vítor Constâncio, desde o Brexit que o Reino Unido anda a “negar a realidade”, “como se fosse regressar à grandeza e aos dias do império”. A sensação de “eu avisei” sobre os riscos da saúda da União Europeia “é hoje dominante na Europa”, diz

Constâncio junta-se ao coro de críticas ao ‘choque fiscal’ britânico: “É extraordinário” que “a libra já não seja uma moeda significativa”

A reação dos mercados cambial e obrigacionista ao plano fiscal do governo da primeira-ministra britânica, Liz Truss, e do ministro das Finanças, Kwasi Kwarteng, foi instantânea, com a desvalorização massiva da libra e das obrigações soberanas do Reino Unido. Já as reações de responsáveis políticos e monetários externos ao Reino Unido não foram tão imediatas, mas começaram a aparecer perante o caos, sem diferença entre antigos e incumbentes. Vítor Constâncio, antigo vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE) e antigo governador do Banco de Portugal, foi um deles.

“É extraordinário” que “a libra já não seja uma moeda significativa a nível internacional”, disse ao Financial Times.

“Desde o Brexit, o Reino Unido tem mostrado imensa hubris e tem negado a realidade, como se fosse regressar à grandeza e aos dias do império (…) é delirante e reforça o aviso que o Brexit representa, que afastar-se do centro europeu tem sido mau para o Reino Unido”, disse.

“Sim, há schadenfreude”, disse Constâncio ao jornal britânico, recorrendo à palavra alemã que descreve o conforto, e a aprendizagem, que se tira do sofrimento dos outros. “Não diria prazer, isso seria muito forte. Mas sim, a sensação de ‘eu avisei’ é hoje geral na Europa.”

O Fundo Monetário Internacional (FMI) ajudou, na terça-feira, a esta ideia junto das capitais continentais ao emitir um comunicado no qual dizia estar “a monitorizar de perto os desenvolvimentos económicos recentes no Reino Unido (…) em contacto com as autoridades”, com críticas ao aumento da despesa em época de inflação e aos cortes nos impostos aos mais ricos com mais que provável reforço da desigualdade.

Londres preocupa mais que Itália

O Financial Times nota, em artigo publicado nesta quinta-feira, 29 de setembro, que vários responsáveis da Europa continental com a pasta das Finanças já se manifestaram publicamente sobre o descalabro da última semana no Reino Unido. Como Bruno Le Maire, ministro das Finanças de França, que disse que a grande preocupação do Velho Continente não é Itália – que acabou de eleger um governo de extrema-direita – mas sim Londres, que, debaixo do chapéu europeu, “tem uma taxa de juro que salta acima dos 4%”, disse.

Na Alemanha, o ministro das Finanças, Christian Lindner, está a aproveitar este argumento para defender a manutenção do travão à dívida, que será reposto em 2023 depois de suspenso devido à pandemia da covid-19, recorda o jornal britânico. E descreveu o choque fiscal de Truss e de Kwarteng como uma “enorme experiência” na qual “o Estado põe o pé no acelerador ao mesmo tempo que o banco central carrega no travão”.

Em Espanha, o FT cita a vice-primeira-ministra, Nadia Calviño, que diz que cortes de impostos são a receita para “o desastre”, da forma como estão a ser apresentados no Reino Unido e propostos localmente pela oposição.

NEWS RELATED

Ucrânia: Amnistia Internacional alerta para "impacto desproporcionado" da guerra sobre idosos

Na Ucrânia, as pessoas com mais de 60 anos constituem quase um quarto da população e este grupo regista maior número de feridos e vítimas mortais no atual conflito Ucrânia: Amnistia Internacional alerta para “impacto desproporcionado” da guerra sobre idosos A Amnistia Internacional (AI) alertou esta terça-feira para o “impacto ...

View more: Ucrânia: Amnistia Internacional alerta para "impacto desproporcionado" da guerra sobre idosos

Ronald de Boer: «Se eu fosse o selecionador, deixava Ronaldo no banco»

Ronald de Boer: «Se eu fosse o selecionador, deixava Ronaldo no banco» Ronald de Boer, antigo internacional pelos Países Baixos, considera que Fernando Santos terá uma decisão complicada para tomar em relação a Cristiano Ronaldo, na sequência da atitude do avançado no momento da sua substituição frente à Coreia ...

View more: Ronald de Boer: «Se eu fosse o selecionador, deixava Ronaldo no banco»

Ex-colega de Ronaldo na Juventus condenado a prisão por agressão sexual

Ex-colega de Ronaldo na Juventus condenado a prisão por agressão sexual Manolo Portanova, médio do Genova, foi condenado a seis anos de prisão por agressão sexual, confirmou a ANSA, Agência Nacional de Notícias de Itália. O jogador da equipa da Serie B, que chegou a ser colega de equipa ...

View more: Ex-colega de Ronaldo na Juventus condenado a prisão por agressão sexual

Todos os fãs de 'Dragon Ball' vão adorar as novidades da Sport Zone

A mais recente coleção da Sport Zone vai deixar os fãs de ‘Dragon Ball’ mais felizes. Agora, personagens como Goku, o Piccolo e o Mestre Kame ‘saltaram dos ecrãs’ e ganham uma nova vida em peças como sweatshirts, t-shirts, casacos e muitos acessórios. É verdade, a série de animação japonesa ...

View more: Todos os fãs de 'Dragon Ball' vão adorar as novidades da Sport Zone

Vice-presidente do PT diz que texto da PEC pode mudar no plenário do Senado

Embora aposte em uma manutenção dos acordos construídos, o deputado federal reeleito José Guimarães (PT-CE), vice-presidente do PT, afirmou nesta terça-feira, 6, que o texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da transição pode mudar no plenário do Senado. Hoje, o relatório da PEC elaborado por Alexandre Silveira (PSD-MG) ...

View more: Vice-presidente do PT diz que texto da PEC pode mudar no plenário do Senado

Reunião do Mercosul expõe tensões internas entre representantes do bloco

A reunião da Cúpula de Presidentes do Mercosul expôs nesta terça-feira, 6, as tensões sobre a flexibilidade comercial do bloco, com atritos entre os presidentes do Uruguai, Luis Lacalle Pou, e da Argentina, Alberto Fernández. Lacalle Pou reafirmou sua intenção de negociar um acordo de livre comércio com a China ...

View more: Reunião do Mercosul expõe tensões internas entre representantes do bloco

Otávio e os três golos de Ramos: «É bom, para ver se vai embora»

Otávio e os três golos de Ramos: «É bom, para ver se vai embora» O futebolista da seleção nacional, Otávio, brincou de forma breve com a prestação do avançado Gonçalo Ramos, autor de três dos golos da vitória de Portugal sobre a Suíça, por 6-1, nos oitavos de final ...

View more: Otávio e os três golos de Ramos: «É bom, para ver se vai embora»

Angola: Greve dos professores põe alunos em greve de fome

Professores do ensino geral entraram de novo em greve esta terça-feira, dia em que os alunos começariam uma nova ronda de exames. Paralisação levou grupo de sete estudantes a decretar greve de fome de 15 dias. Provided by Deutsche Welle Sem acordo com o Governo angolano, os professores do ensino ...

View more: Angola: Greve dos professores põe alunos em greve de fome

Apreendida no Aeroporto do Porto mala de porão com 213 mil euros

Presidente da Fifa ajudou a me libertar, diz homem que invadiu campo durante Copa no Catar

Pelé apresenta "melhoria progressiva" no seu estado de saúde

Linha de Cascais em obras que ficarão prontas com três anos de atraso

Rodri irritado com a prestação de Marrocos: "Não ofereceram nada ao jogo"

Cimeira sobre biodiversidade abre portas em Montreal

Polícia detém 15 jovens suspeitos de recrutamento para insurgentes

Consumo privado e investimento podem atirar PIB para o vermelho no quarto trimestre

Antiga bastonária dos farmacêuticos vai liderar Hospital de Santa Maria

Ferido grave em acidente de trabalho em Aljustrel

Ronaldo e não só: Gonçalo Ramos revela os ídolos que tem no futebol

Inédito: Portugal tem 5 escolas de gestão entre as melhores da Europa

OTHER NEWS

Breaking thailand news, thai news, thailand news Verified News Story Network