Da “obsessão pelo défice” à “voracidade fiscal”. Oposição chumba OE2023

oe2022, orçamento do estado, finanças, fernando medina

A proposta de Orçamento do Estado para 2023 (OE2023) só vai ser entregue na Assembleia da República na próxima segunda-feira, 10 de outubro, mas as linhas gerais do documento e o cenário macroeconómico em que assenta já mereceram o chumbo dos partidos da oposição.

Esta sexta-feira, os partidos com representação parlamentar reuniram-se no Parlamento com o ministro das Finanças, Fernando Medina, e a ministra dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, que confirmaram a estimativa de um abrandamento do crescimento da economia para 1,3% e uma inflação de 4%, com a dívida pública a cair de 115% para 110,8% do PIB no próximo ano.

Joaquim Miranda Sarmento (PSD) criticou a “voracidade e asfixia fiscal” do Executivo socialista, que deteta este ano por não “devolver às famílias e às empresas” o acréscimo de receita fiscal nos cofres do Estado, por via do disparo da inflação. E encara como “ilusório” o crescimento de 1,3%, por resultar do comparativo com uma fase de pandemia e de uma recuperação no consumo privado que voltará a ter uma “retração significativa”.

Um dia depois de ter apresentado oito prioridades para o Orçamento do próximo ano, o líder parlamentar social-democrata promete apresentar, em sede de especialidade, um conjunto adicional de medidas. Reclamando para o partido a “marca identitária” da responsabilidade orçamental, concorda que é preciso continuar a consolidar as contas públicas, mas espera para ver como é que o Governo o fará, frisando que entre 2016 e 2019 “desceu por fatores conjunturais”, como o valor das taxas de juro, os dividendos do Banco de Portugal e o aumento da receita fiscal.

A Iniciativa Liberal considera “excessivamente otimistas” as previsões do cenário macroeconómico do Governo para o próximo ano, com a deputada Carla Castro a advertir para “a necessidade de perceber os riscos orçamentais deste crescimento económico”. “Tem estado a ser baseado no crescimento do consumo das famílias e nós sabemos que aquilo que é esperado é uma retração, é um desacelerar do consumo das famílias”, resumiu, citada pela Lusa.

Já o presidente do Chega disse que a previsão de 4% para a inflação “merece as maiores reservas” e ter recebido a garantia dos ministros de que não haverá alterações no IVA em 2023. “O Governo não vai mexer no IVA, nem nos combustíveis, e vamos ter basicamente a mesma estrutura que temos, o que constitui um sinal muito negativo da proposta orçamental. Isto significa que os bens alimentares vão continuar com a mesma taxa de IVA, que os combustíveis vão continuar com as mesas taxas de impostos. Isto é muito negativo para a economia”, criticou André Ventura.

Esquerda contesta “brilharetes” em período de crise

À esquerda, o PCP acusa o Governo de “obsessão pelas contas certas, pelo défice, em vez de promover a valorização de rendimentos e dos serviços públicos e o investimento na produção nacional”. Pela voz da líder da bancada, Paula Santos, os comunistas insistem que “neste momento, face ao contexto económico e social, é essencial proceder à recuperação e valorização dos salários e das pensões, ao controlo e a fixação de preços de bens essenciais, à tributação dos lucros dos grupos económicos e reforço de serviços públicos, designadamente na saúde e educação.

“O essencial numa economia é o rendimento das famílias. E um Governo que aceita a perda de poder de compra, o empobrecimento generalizado face a esta inflação galopante está a ajudar a que essa tempestade perfeita se forme”, declarou, por outro lado, o bloquista Pedro Filipe Soares, em declarações aos jornalistas na Assembleia da República.

Rui Tavares (Livre) cita também o “mau hábito em períodos de crise de tentar fazer um brilharete com o que é a vida das pessoas e tentar sempre superar a meta do défice e ir para um défice menor do que foi apresentado, como maneira de acalmar os mercados internacionais, mas por cima da vida das pessoas”. “O Livre considera que isso seria um enorme, um trágico erro neste exercício orçamental que está a decorrer”, acrescentou.

Também o PAN considera “excessivamente otimistas” as projeções do Governo de crescimento para 2023, criticando ainda a linha conservadora que segue na política fiscal. “Está desalinhado com a necessidade de se darem respostas reais às famílias e às pequenas e médias empresas no imediato”, completou Inês Sousa Real, acusando os socialistas de pretenderem “fazer um brilharete” com as contas certas “à custa das famílias e de uma asfixia fiscal e inflacionária”.

]]>

NEWS RELATED

Ucrânia: Amnistia Internacional alerta para "impacto desproporcionado" da guerra sobre idosos

Na Ucrânia, as pessoas com mais de 60 anos constituem quase um quarto da população e este grupo regista maior número de feridos e vítimas mortais no atual conflito Ucrânia: Amnistia Internacional alerta para “impacto desproporcionado” da guerra sobre idosos A Amnistia Internacional (AI) alertou esta terça-feira para o “impacto ...

View more: Ucrânia: Amnistia Internacional alerta para "impacto desproporcionado" da guerra sobre idosos

Ronald de Boer: «Se eu fosse o selecionador, deixava Ronaldo no banco»

Ronald de Boer: «Se eu fosse o selecionador, deixava Ronaldo no banco» Ronald de Boer, antigo internacional pelos Países Baixos, considera que Fernando Santos terá uma decisão complicada para tomar em relação a Cristiano Ronaldo, na sequência da atitude do avançado no momento da sua substituição frente à Coreia ...

View more: Ronald de Boer: «Se eu fosse o selecionador, deixava Ronaldo no banco»

Ex-colega de Ronaldo na Juventus condenado a prisão por agressão sexual

Ex-colega de Ronaldo na Juventus condenado a prisão por agressão sexual Manolo Portanova, médio do Genova, foi condenado a seis anos de prisão por agressão sexual, confirmou a ANSA, Agência Nacional de Notícias de Itália. O jogador da equipa da Serie B, que chegou a ser colega de equipa ...

View more: Ex-colega de Ronaldo na Juventus condenado a prisão por agressão sexual

Todos os fãs de 'Dragon Ball' vão adorar as novidades da Sport Zone

A mais recente coleção da Sport Zone vai deixar os fãs de ‘Dragon Ball’ mais felizes. Agora, personagens como Goku, o Piccolo e o Mestre Kame ‘saltaram dos ecrãs’ e ganham uma nova vida em peças como sweatshirts, t-shirts, casacos e muitos acessórios. É verdade, a série de animação japonesa ...

View more: Todos os fãs de 'Dragon Ball' vão adorar as novidades da Sport Zone

Vice-presidente do PT diz que texto da PEC pode mudar no plenário do Senado

Embora aposte em uma manutenção dos acordos construídos, o deputado federal reeleito José Guimarães (PT-CE), vice-presidente do PT, afirmou nesta terça-feira, 6, que o texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da transição pode mudar no plenário do Senado. Hoje, o relatório da PEC elaborado por Alexandre Silveira (PSD-MG) ...

View more: Vice-presidente do PT diz que texto da PEC pode mudar no plenário do Senado

Reunião do Mercosul expõe tensões internas entre representantes do bloco

A reunião da Cúpula de Presidentes do Mercosul expôs nesta terça-feira, 6, as tensões sobre a flexibilidade comercial do bloco, com atritos entre os presidentes do Uruguai, Luis Lacalle Pou, e da Argentina, Alberto Fernández. Lacalle Pou reafirmou sua intenção de negociar um acordo de livre comércio com a China ...

View more: Reunião do Mercosul expõe tensões internas entre representantes do bloco

Otávio e os três golos de Ramos: «É bom, para ver se vai embora»

Otávio e os três golos de Ramos: «É bom, para ver se vai embora» O futebolista da seleção nacional, Otávio, brincou de forma breve com a prestação do avançado Gonçalo Ramos, autor de três dos golos da vitória de Portugal sobre a Suíça, por 6-1, nos oitavos de final ...

View more: Otávio e os três golos de Ramos: «É bom, para ver se vai embora»

Angola: Greve dos professores põe alunos em greve de fome

Professores do ensino geral entraram de novo em greve esta terça-feira, dia em que os alunos começariam uma nova ronda de exames. Paralisação levou grupo de sete estudantes a decretar greve de fome de 15 dias. Provided by Deutsche Welle Sem acordo com o Governo angolano, os professores do ensino ...

View more: Angola: Greve dos professores põe alunos em greve de fome

Apreendida no Aeroporto do Porto mala de porão com 213 mil euros

Presidente da Fifa ajudou a me libertar, diz homem que invadiu campo durante Copa no Catar

Pelé apresenta "melhoria progressiva" no seu estado de saúde

Linha de Cascais em obras que ficarão prontas com três anos de atraso

Rodri irritado com a prestação de Marrocos: "Não ofereceram nada ao jogo"

Cimeira sobre biodiversidade abre portas em Montreal

Polícia detém 15 jovens suspeitos de recrutamento para insurgentes

Consumo privado e investimento podem atirar PIB para o vermelho no quarto trimestre

Antiga bastonária dos farmacêuticos vai liderar Hospital de Santa Maria

Ferido grave em acidente de trabalho em Aljustrel

Ronaldo e não só: Gonçalo Ramos revela os ídolos que tem no futebol

Inédito: Portugal tem 5 escolas de gestão entre as melhores da Europa

OTHER NEWS

Breaking thailand news, thai news, thailand news Verified News Story Network